NOTÍCIAS

01/07/2019 | Atualizado em (02/07/2019 - 09:48) Notícias, arquivo de notícias

Bancada Feminina se reúne com Secretário de de Segurança Pública para alinhavar retorno do IGP a São José

Nesta segunda-feira, 1º, as vereadoras da Bancada Feminina da Câmara Municipal de São José, Alini Castro, Cristina de Sousa e Sandra Martins, estiveram reunidas com o Secretário de Segurança Pública de Santa Catarina, Coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, e o Diretor Geral do IGP, Giovani Adriano, a fim de encontrar uma solução para a retomada dos serviços do Instituto Geral de Perícias na cidade. 

 

“Depois do encontro em abril, nós fizemos hoje uma segunda reunião, na qual foi entregue um documento pedindo comprometimento com a volta do IGP para São José. No encontro, o Diretor-Geral do IGP/SC, Giovani Eduardo Adriano, afirmou que o projeto de reforma da casa que abrigará o IGP já está sendo feito. Esperamos agora que a prefeita Adeliana Dal Pont possa locar uma outra casa durante um ano para que os josefenses não fiquem sem o serviço”, explicou a vereadora Cristina de Sousa, agradecendo o empenho do Coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes por fazer a intermediação junto ao governo estadual a fim de resolver o imbróglio. 

 

Uma das sugestões de local para abrigar o IGP foi a antiga APAE, no Centro Histórico. O local precisa de reforma e enquanto isso, a Bancada Feminina sugeriu outro espaço locado, a ser definido com a prefeita em reunião na próxima quarta-feira para verificar a possibilidade de o município disponibilizá-lo até o término da obra. O Estado se propõe a reformar o imóvel no Centro Histórico, contudo a Prefeitura deverá arcar com o aluguel até que a reforma termine. 

 

Segundo o Diretor Geral do IGP, Giovani Adriano, já há projeto para reforma da casa e o próximo passo é abrir edital  para contratação de empresa para que até novembro esteja funcionando o IGP em São José. Além disso, assim que São José disponibilizar um local, os serviços começam imediatamente.

 

“A Bancada Feminina vem lutando desde 2017 e essa notícia é uma conquista. Nós temos então a possibilidade de muito em breve ter o serviço na nossa cidade. O munícipe necessita do atendimento e eu acredito que a prefeita estará ao nosso lado”, destacou a vereadora Alini Castro.

 

Já a vereadora Sandra Martins justificou a urgência na retomada dos serviços, explicando que atualmente a cidade conta com uma população de aproximadamente 250 mil habitantes. Estes têm de se deslocar para outras cidades quando precisam do atendimento.

 

Por conta de um local inapropriado para atender o cidadão, o atendimento do médico legista para exames de corpo de delito no IGP foi fechado em Campinas em meados de 2018. Dessa forma, quem precisa fazer o procedimento, deve se deslocar a Florianópolis ou Palhoça. 

 

O IGP deve vir para SJ com os seguintes serviços:

  • Instituto de Identificação
  • Instituto Médico-Legal
  • Instituto de Análise Forenses
  • Instituto de Criminalística