NOTÍCIAS

11/04/2019 Notícias, arquivo de notícias

Vereadores criticam contrato de publicidade do Executivo e violência contra a mulher

Em Sessão Ordinária realizada nesta quarta-feira, 10, na Câmara Municipal de São José, quatro parlamentares usaram a Tribuna, onde destacaram, entre outras questões, a violência contra a mulher e o contrato de publicidade do Executivo no valor de R$ 5 milhões. 

 

"Com esta quantia, daria para reformar o teatro Adolpho Mello, fazer reparos no Centro Multiuso, adequar a quadra no final da avenida das Torres usada pelo projeto 'Futebol pela Paz', reparar buracos e outras tantas obras", citou o vereador André Guesser (PDT) ao questionar o valor pago pela prefeitura para agência de publicidade.

 

Já em outro momento, a vereadora Alini Castro (MDB) falou acerca das diversas situações em que a mulher é desrespeitada, principalmente em relação à violência doméstica. A parlamentar ainda pediu o retorno do IGP a São José, pois somente com laudo emitido por médico legista é possível punir o agressor. "Infelizmente, não há mais unidade em São José. As mulheres vítimas de agressões precisam se dirigir até Palhoça ou Florianópolis. Nossa cidade não pode aceitar isso", frisou.

 

Ainda durante o Expediente, houve manifestações do vereador Osmar Hauptli (PSB) em agradecimento à prefeitura por reparos na rua Hamilton Ferreira, no loteamento Dona Adélia, bem como do vereador Sanderson de Jesus (MDB) destacando seu entendimento quanto a fatos ocorridos no mês passado na Câmara. "Assumo meus erros e atos, mas peço respeito a esta Casa", finalizou.

 

A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda-feira, 15, a partir das 16h.