NOTÍCIAS

07/02/2019 Notícias, arquivo de notícias

Vereadores fazem cobranças na primeira semana de Sessões Ordinárias

A primeira semana de Sessões Ordinárias na Câmara Municipal de São José começou movimentada. Na segunda-feira, 04, o presidente do Legislativo, vereador Michel Schlemper (MDB), recebeu a prefeita Adeliana Dal Pont para sua mensagem anual. Já nesta quarta-feira, 06, diversos parlamentares ocuparam a Tribuna, apresentando suas demandas e dando sequência aos encaminhamentos do ano passado.

 

Inicialmente, o vereador Edilson Vieira (PSDB) agradeceu o Executivo pelas obras de revitalização do calçadão do Kobrasol, sem esquecer de cobrar, da Autopista Litoral Sul, um redutor de velocidade no túnel do Roçado. Outra reivindicação foi feita na fala do vereador Jair Costa (PSD) ao citar o posto de saúde da Colônia Santana. "Em janeiro, os médicos receberam férias coletivas e a população ficou a mercê. Queria pedir à Secretária Sinara Landt para que a Enfermeira-chefe daquela unidade fique atenta para que a comunidade do porte da Colônia Santana não fique sem médicos", destacou. "Acho que isso é problema de gestão", concluiu.

 

Da mesma forma, o vereador André Guesser (PDT) pediu respeito ao Regimento Interno da Câmara. "Se ele está errado, a gente muda, mas vamos respeitá-lo, pois é a nossa Constituição", salientou, frisando que as escolhas de membros das comissões permanentes deveriam ter acontecido naquela Sessão. Sobre o assunto, o presidente Michel Schlemper citou os artigos nº 33 e 100 para esclarecer que isso deve acontecer na primeira sessão subsequente à reunião com os líderes partidários, ainda não definidos em sua totalidade, marcada para 14 de fevereiro.

 

Por fim, o vereador Clonny Capistrano (MDB) voltou a reforçar a importância de o Legislativo ter emendas impositivas, como ocorre na Assembleia Legislativa, Senado e Câmara Federal. "O projeto está parado nas comissões, virou o ano e não aprovamos essa matéria que é de fundamental importância para o parlamento municipal, pois dessa forma os parlamentares podem atender atender os bairros", argumentou, elencando situações como a reforma de pontos de ônibus. "A Câmara destinou recursos para revitalizações e até o momento não houve um relatório detalhado sobre quais abrigos e em que localidades foram empregados os valores pela prefeitura", criticou o vereador.

 

A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda-feira, 11, a partir das 16h.