NOTÍCIAS

06/11/2018 Notícias, arquivo de notícias

Vereadores criticam situação da rua Elias Merise e do posto de saúde em Barreiros

Na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 05, os parlamentares usaram a Tribuna durante o Expediente para destacar, basicamente, duas questões precárias na cidade: a rua Elias Merise, no Roçado, e o posto de saúde de Barreiros. Os dois assuntos fizeram parte das manifestações dos vereadores Reinaldo Neckel (DEM), André Guesser (PDT) e Antônio Lemos (MDB).

 

Primeiro a fazer uso da palavra, o vereador Reinaldo Neckel leu e-mail de moradora de Barreiros, a qual relatava falta de medicamentos, mal atendimento e dificuldade na marcação de exames no posto de saúde daquele bairro. 

 

"Pediria que a Secretária de Saúde, Sinara Simioni, e o adjunto, Udo Hawerroth, dessem uma olhada nessa situação porque é lamentável. A Câmara repassou recursos para o município e gostaria que a população fosse atendida", frisou.

 

Da mesma forma, o vereador André Guesser (PDT) relatou visita ao local, onde, na oportunidade, esteve com a coordenadora do posto de saúde. "É um local no qual escutamos muitas reclamações da comunidade em relação ao atendimento, mas quando vamos visitá-lo, parece que as coisas estão funcionando de uma maneira tranquila. A coordenadora disse que está faltando um agente administrativo na parte da tarde, o que atrasa a marcação. Há três médicos de tarde, três pela manhã, um pediatra e dois dentistas, além de um plantão. Espero que a gente consiga superar essas contradições", citou.

 

Já a situação da rua Elias Merise, no Roçado, foi debatida também em Tribuna. Na sua explanação, o vereador Antônio Lemos (MDB) lamentou os diversos acidentes ocorridos na localidade, mencionando um projeto orçado em R$ 580 mil para solucionar problemas na via. "Não é só o abandono em si, mas coloca em risco a vida humana. Essas pessoas, que estão tendo prejuízos materiais, entrarão com ação, terão ganho de causa e o próximo prefeito terá que tirar de várias áreas para pagá-las", ressaltou.

 

Da mesma forma, o vereador Reinaldo Neckel citou três acidentes com automóveis ocorridos na semana passada, enquanto a vereadora Cristina de Sousa (PRB) insistiu que não basta a colocação de guard rails para solucionar o problema. "É preciso revitalizar o espaço, pois são vidas que ali estão. Com um guard rail, ou vai cair o carro ou vai prensar as pessoas", criticou.

 

Ainda durante as falas, o vereador Claiton Ribeiro (PSC) lamentou a morte do professor e treinador de basquete de São José, Paulo Montibello, falecido no último dia 30.

 

A próxima Sessão Ordinária acontece na quarta-feira, 07, às 16h.