NOTÍCIAS

15/05/2018 Notícias, arquivo de notícias

Na Tribuna: Trânsito, cultura, fiscalização e juventude em pauta na Sessão Ordinária

A Sessão Ordinária desta segunda-feira, 14, na Câmara Municipal de São José, foi marcada pela diversidade de temas durante o Expediente. Quatro parlamentares usaram da fala na Tribuna para destacar roteiro em Brasília, política cultural, fiscalização da prefeitura e o projeto Parlamento Jovem.

 

Primeiro a fazer uso da Tribuna, o vereador Michel Schlemper (PMDB) recordou as viagens que fez à Capital Federal, ao lado de outros representantes do Legislativo josefense, no final de abril e início de maio. O parlamentar frisou as reivindicações dos 19 vereadores como reparos em viadutos, instalação de pórticos, alça do contorno viário, entre outras demandas. "Na próxima reunião que acontecerá na Fiesc, a concessionária Arteris ficou de botar em pauta, além do contorno viário, esse retorno do pedido da Câmara de Vereadores de São José que inclui passarela no trevo da Forquilhinha, o viaduto de Barreiros e outras questões do dia a dia", explicou.

 

Em seguida, o vereador Carlos Eduardo Martins (PSD) salientou sua participação no Fórum de Cultura de Santa Catarina, realizado em Bombinhas no último final de semana. De acordo com o parlamentar, a região da Grande Florianópolis, que geralmente levava dois ou três municípios ao evento, dessa vez participou com 12. "O sistema de cultura tem sido fortalecido nos municípios, principalmente nos catarinenses que colocam, acima das bandeiras partidárias, a construção dessa política pública", frisou, enfatizando a importância de estruturar o sistema municipal de cultura.

 

Já o vereador André Guesser (PDT) apresentou imagens dos arredores do Centro Histórico onde cones são usados para guardar vagas em locais públicos. "A prefeitura realiza fiscalizações para locais de estacionamento e aqui ao lado da Câmara acontece esse tipo de coisa bem na nossa cara", criticou, completando. "Que a prefeitura mantenha essa fiscalização em todas as regiões do município. Independente de quem seja, a lei é para todos".

 

Por fim, a vereadora Cristina de Sousa (PRB) enfatizou seu descontentamento com a retirada de pauta do projeto Parlamento Jovem. "É um projeto importante para a cidade, para os jovens que esperam tanto para estar aqui com a gente aprendendo e vendo nosso trabalho. É uma oportunidade única para ensinarmos a eles. Somos todos jogados numa vala comum porque não temos aproximação com os jovens, pois são eles quem vão levar para fora o que acontece aqui dentro", lamentou.

 

A próxima Sessão Ordinária acontece na quarta-feira, 16, às 16h.