NOTÍCIAS

13/03/2018 | Atualizado em (13/03/2018 - 15:45) Notícias, arquivo de notícias

Direitos das mulheres, dos autistas e do cidadão são levantados na Câmara

Durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira, 12/03, diversos temas foram levantados pelos vereadores em suas falas na Tribuna. A inclusão social, o Dia Internacional da Mulher e a infraestrutura da cidade receberam atenção na Câmara Municipal de São José.

 

Primeiro a usar a palavra, o vereador Carlos Eduardo Martins (PSD) lembrou o Dia Internacional da Mulher como data a ser mencionada para reivindicar direitos do sexo feminino. "Elas esperam no dia 8 de março a tranquilidade de andar na rua, poderem se vestir como quiserem e não serem violentadas pelos homens da nossa sociedade", alertou o parlamentar.

 

Outro assunto levantado por Carlos Eduardo girou em torno da criação da Rede Rua São José em parceria com a sociedade civil e o Executivo, se assim desejar, visando "avançar na discussão na defesa de deveres e direitos da população de rua", explicou.

 

De igual forma, o vereador Reinaldo Neckel (DEM) citou os moradores de rua que ocupam um casarão abandonado no Centro Histórico, andando, inclusive, nus pelo local. "A gente reclama tanto de espaço e uma área nobre está abandonada. Solicito que a Guarda Municipal e a assistência social verifiquem o local e façam o levantamento dessas pessoas, desses moradores de rua. O que não pode é a gente sofrer com essa situação, um cidadão ficando nu e ninguém toma providência", destacou.

 

Já o vereador André Guesser (PDT) alertou para as indicações feitas no legislativo e que não são atendidas pelo Executivo. O parlamentar voltou a apresentar fotos de locais que merecem atenção da prefeitura como pontos de ônibus em frente ao Colégio Marista e no Sertão do Maruim. 

 

"O ponto de ônibus perto do Colégio Marista está totalmente com os pés podres e torto. Mais vale não ter o ponto de ônibus do que ele cair na cabeça de alguém e matar. Já no Sertão, quem fica no ponto e é cadeirante não consegue chegar no ônibus porque precisa subir o meio-fio. Outra situação envolve a empresa Santa Terezinha, a qual estamos tentando fazer uma reunião, pois no seu site diz que em determinado horário o carro tem acessibilidade e não tem", relatou. 

 

Por fim, a vereadora Cristina de Sousa (PRB) elogiou a organização da Meia Maratona de São José, a qual ocorreu no último sábado. A parlamentar participou ao lado de atletas autistas e destacou a importância da inclusão. "É isso que tem ser feito: dar visibilidade, debater, criar leis para ajudá-las", declarou.

 

A próxima Sessão Ordinária ocorre na quarta-feira, às 16h.